Mapa Natal

O quê é um Mapa Astrológico?

Mapa Astrológico

Mapa Natal
Se você já se perguntou “que horas você nasceu?” e não entendeu o porquê, isso é para você. Um mapa de nascimento astrológico – também conhecido como “mapa natal” – usa a data, hora e local exatos do seu nascimento para recriar um instante do céu no momento exato de sua chegada. Dentro das dobras deste mapa circular, você encontrará todos os planetas e objetos celestes rastreados na astrologia, juntamente com os signos do zodíaco que eles ocupavam. Já está confuso? Pois é muito! Mas não tenha medo. Continue lendo para explorar os fundamentos do mapa astral.

Primeiro, onde posso encontrar meu mapa astral?

Antigamente, a única maneira de calcular um mapa de nascimento era à mão, usando um transferidor e uma tabela conhecida como “efemérides”. Hoje em dia existem diferentes ferramentas, tornando possível calcular um mapa astral completo em menos de um segundo. Se você quiser uma interpretação completa venha a faze-lo conosco

 

Para abrir um mapa astral (seja seu ou de outra pessoa), você precisará da data, hora e local de nascimento. Mas tenha em mente que o mapa astral é um diagrama extremamente sensível que requer dados precisos. Na verdade, o mapa de nascimento muda radicalmente a cada quatro minutos (mais sobre isso depois), e é por isso que é fundamental ter uma hora precisa do nascimento – aproximações ou estimativas podem (e irão) distorcer os resultados. Portanto, em caso de dúvida, é melhor verificar as informações com uma certidão de nascimento antes de calcular.

 

Ok, eu tenho meu mapa de nascimento. O que agora?

Ver seu mapa astral pela primeira vez é… avassalador. Cheio de símbolos desconhecidos, números estranhos e toda uma complicada variedade de formas e linhas, entender um mapa astral pode parecer como decifrar antigos hieróglifos. E, de certa forma, meio que é: a astrologia é uma linguagem visual complexa que existe há milhares de anos. Assim, requer prática (e paciência) para entender este intrincado diagrama simbólico.

 

Começa com o ascendente (também conhecido como ascendente). Literalmente, o ascendente refere-se ao signo do zodíaco ascendendo no horizonte leste no momento exato do seu nascimento. Embora a localização visual do ascendente varie de acordo com o software de astrologia, geralmente está localizada na posição das nove horas ou por volta dela e muitas vezes é simbolizada por um círculo com uma linha horizontal no meio.

 

O ascendente representa sua percepção da realidade, juntamente com os padrões, temas e ciclos recorrentes que você encontra ao longo de sua vida. Esse posicionamento estabelece a arquitetura para todo o seu mapa astral – ao ler um mapa natal, começamos nesse ponto exato e nos movemos no sentido anti-horário ao redor do círculo.

 

Quais são as seções de um mapa de nascimento?

À medida que seus olhos se movem pelo diagrama, você pode notar que o gráfico está dividido em diferentes seções – 12, para ser exato. Essas fatias de torta são chamadas de “casas”. Evite o erro comum de confundir casas com signos do zodíaco (sim, são 12, mas não é a mesma coisa). As casas são uma expressão visual da rotação de 24 horas da Terra em torno de seu eixo, o que significa que cada casa representa aproximadamente duas horas de tempo.

 

Além disso, cada casa representa uma área diferente da sua vida. À medida que você se move pela roda, da esquerda para a direita, as casas passam de mais pessoais e tangíveis para interpessoais e abstratas. Abaixo estão algumas palavras-chave para cada casa para ajudá-lo a se familiarizar com as regiões do mapa astral.

 

  • 1ª Casa: Self, identidade, aparência física
  • 2ª Casa: Bens materiais, dinheiro, valores
  • 3ª Casa: Pares, comunicação, irmãos
  • 4ª Casa: Lar, família, origens
  • 5ª Casa: Criatividade, romance, crianças
  • 6ª Casa: Saúde, bem-estar, rotinas
  • 7ª Casa: Parceria, contratos, casamento
  • 8ª Casa: Heranças, sexo, transformação
  • 9ª Casa: Filosofia, viagens, ensino superior
  • 10ª Casa: Carreira, legado, reputação
  • 11ª Casa: Ativismo, tecnologia, humanitarismo
  • 12ª Casa: Intuição, segredos, espiritualidade

Algumas casas em seu mapa natal terão “coisas” dentro delas (em um momento, identificaremos essas “coisas” como planetas), e outras não. Se você não tem um planeta em uma casa, isso não significa que as palavras-chave daquela casa não aparecerão em sua vida. Na verdade, cada casa desempenha um papel vital em nosso mapa natal, independentemente de um planeta ocupar esse domínio. Então, se sua quinta casa de criatividade ou sétima casa de parceria estiver “vazia”, não entre em pânico. É totalmente normal!

 

Ok, o que são todos esses símbolos e o que eles significam?

Agora que você se familiarizou com a paisagem do mapa astral, o próximo passo é aprender sobre os símbolos. Cada planeta e corpo celeste medido na astrologia tem um símbolo (também conhecido como “glifo”), juntamente com cada um dos 12 signos do zodíaco. Dando um passo adiante, cada planeta ocupa um signo do zodíaco, então – em um mapa de nascimento – diferentes símbolos são muitas vezes empilhados um ao lado do outro.

Vamos detalhar um pouco mais:

 

Os planetas

Cada planeta e objeto celeste com relevância astrológica tem um glifo. Em seu mapa astral, a posição desses planetas (em outras palavras, qual casa os planetas ocupam) revela como (e onde) sua energia aparece em sua vida. Abaixo estão as palavras-chave associadas a cada planeta, além de como identificar seu símbolo.

 

  • O Sol (círculo com ponto no meio): Identidade, propósito, ego
  • A Lua (lua crescente): Emoções, mundo interior, segurança
  • Mercúrio (círculo com dois “chifres” e cruz embaixo): Comunicação, expressão, mente
  • Vênus (círculo com cruz embaixo): Valores, gosto, sensualidade
  • Marte (círculo com seta apontando diagonalmente): Motivação, ação, sexualidade
  • Júpiter (número “4” curvilíneo): Expansão, abundância, sorte
  • Saturno (letra “h” curvilínea): responsabilidades, lições, maturidade
  • Urano (letra “H” curvilínea maiúscula com círculo embaixo): Inovação, rebelião, excentricidade
  • Netuno (tridente): Espiritualidade, sonhos, ilusões
  • Plutão (círculo emoldurado por dois braços e cruz embaixo): Transformação, metamorfose, renascimento

Os signos

Agora que você sabe o que os planetas fazem, a próxima informação importante é qual signo do zodíaco eles ocupam. Simplificando, o signo do zodíaco mostra como o planeta executa sua missão. Por exemplo, se Vênus é sobre valores e amor, Vênus no signo do zodíaco de Gêmeos se expressará através da curiosidade, comunicação e brincadeira. Alternativamente, se Vênus estiver no misterioso Escorpião, valorizará intensidade, poder e profundidade. Localize as palavras-chave para cada signo abaixo, junto com seu símbolo.

 

  • Áries (letra “V” com topo curvo): Bravura, paixão, espontaneidade
  • Touro (círculo com dois chifres): Lealdade, compromisso, praticidade
  • Gêmeos (numeral romano “dois”): Curiosidade, comunicação, brincadeira
  • Câncer (“69” horizontal): Sensibilidade, proteção, criatividade
  • Leão (círculo com cauda encaracolada): Desempenho, coragem, orgulho
  • Virgem (letra “M” com cauda encaracolada): Organização, estrutura, pragmatismo
  • Libra (meio círculo com braços e linha embaixo): Equilíbrio, harmonia, justiça
  • Escorpião (letra “M” com cauda pontiaguda): Intensidade, poder, profundidade
  • Sagitário (seta apontando na diagonal): Aventura, exploração, descoberta
  • Capricórnio (letra “G” curvilínea): Ambição, responsabilidade, sucesso
  • Aquário (duas linhas em ziguezague): Inovação, rebelião, ativismo
  • Peixes (letra “H” curvilínea): Imaginação, poderes psíquicos, misticismo

Como faço para juntar tudo?

Com uma compreensão básica de casas, planetas e signos do zodíaco, você poderá começar a analisar o mapa astral. Depois de pegar o jeito, a fórmula de interpretação é bem simples: Planeta + Signo + Casa. Em outras palavras, o que um planeta está fazendo, como está fazendo e em que área da vida ele está aparecendo? Por exemplo, Marte em Virgem na terceira casa será motivado (Marte) através da estrutura (Virgem) através de suas relações interpessoais (terceira casa), enquanto a lua em Sagitário na 12ª casa processará suas emoções (a Lua) através da descoberta ( Sagitário) suas habilidades psíquicas (12ª casa).

Finalmente, se você quer uma leitura completa e detalhada confie a leitura do seu Mapa Astral com o CHA COM TAROT e obtenha a interpretação de cada aspecto da sua vida e como sacar melhor proveito dele.

  • All Post
  • Astrologia
  • Tarot
Please follow and like us:
error0
fb-share-icon0
Tweet 20
fb-share-icon20
Follow by Email
YouTube